Facebook Clic BetimTwitter Clic BetimYoutube Clic Betim

Sábado, 22 Julho 2017 | Login

Governo de Minas Gerais une esforços para criar o porto-seco de Montes Claros

Governo de Minas Gerais une esforços para criar o porto-seco de Montes Claros

Em reunião entre a Sede, Indi e Sedru, novas estratégias foram traçadas para potencializar o desenvolvimento industrial e o escoamento da produção da região.

Os secretários de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana, Tadeu Martins Leite, de Desenvolvimento Econômico, Altamir Rôso e a presidente do Indi, Cristiane Serpa, receberam o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, para discutir ações para o fomento da atividade industrial no município.

Na oportunidade, o prefeito entregou aos secretários um documento com pedido de apoio do Governo de Minas Gerais para criação de uma Estação Aduaneira Interior (EAD) ou Porto-Seco em Montes Claros, a exemplo de outras 5 que já existem no Estado. “Esta é uma demanda antiga do município, que seria capaz de estimular as exportações e solucionar questões de logística, transporte e distribuição, além de agilizar todos os trâmites aduaneiros de responsabilidade da Receita Federal”, explica Ruy Muniz.

Foram apresentados dados que comprovam a importância estratégica de Montes Claros como polo industrial, na atração de investimentos e de empresas multinacionais e na geração de empregos e riqueza para a região. O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Reinaldo Landulfo, apresentou o Plano Diretor que está sendo elaborado pela prefeitura que prevê um novo distrito industrial e a ampliação do aeroporto municipal, com terminal de cargas e porto-seco anexos.

Ao explicar como se dá o processo de concessão das EADs no Estado, o secretário Altamir Rôso se comprometeu em convidar as empresas que operam as unidades de Betim, Juiz de Fora, Varginha, Uberaba e Uberlândia para conhecer a realidade de Montes Claros e motivá-las a investir. “Vamos tornar Minas Gerais um Estado mais competitivo, reconhecido internacionalmente, e para isso precisamos promover a agregação de valor ao produto mineiro, que, no caso de Montes Claros, passa pela implantação do porto-seco”, afirma o secretário Rôso.

O secretário Tadeu Martins Leite destacou a importância do diálogo entre o Governo do Estado e os municípios na busca de soluções criativas para induzir o desenvolvimento. “Há anos discutimos a necessidade de incrementar a vocação industrial de Montes Claros, mas não conseguimos avançar no apoio institucional, mesmo diante de um cenário promissor. Agora, vamos aproveitar a experiência de outros terminais, que há mais de 20 anos, operam com  excelentes resultados e concretizar o porto-seco de Montes Claros”, conclui.

Outro assunto tratado na reunião foi a realização do 2º Congresso Norte Mineiro de Energias Renováveis, que reúne especialistas, empreendedores e gestores municipais para discutir as oportunidades de negócios e a potencialidade do Norte de Minas na área de energias renováveis, sustentabilidade e gestão de resíduos sólidos.  A Sedru, a Sede e o Indi foram convidados para participar e apresentar as diretrizes e políticas estaduais sobre as alternativas energéticas.


Compartilhe  compartilhe

botao_facebook botao_twitter botao_google

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar