Facebook Clic BetimTwitter Clic BetimYoutube Clic Betim

Sábado, 22 Julho 2017 | Login

Lote na Milton Campos não será mais leiloado

Lote na Milton Campos não será mais leiloado
Decisão foi tomada após matéria desencadear reação por parte dos artistas.

Três semanas após O Tempo Betim publicar uma matéria mostrando a revolta de artistas locais por causa de uma medida tomada no ano passado pelo prefeito Carlaile Pedrosa (PSDB) de leiloar um valioso terreno que deveria ser aproveitado pela Fundação Artístico-Cultural de Betim (Funarbe) para fins culturais e de valorização da história local, o tucano recuou da decisão e declarou que “irá suspender a alienação do terreno”.

A venda do lote, localizado em frente à Casa da Cultura Josephina Bento, na esquina da rua Cônego Domingos Martins com a praça Milton Campos, gerou insatisfação. Isso porque, ao tomar essa medida, Carlaile iria contrariar uma antiga promessa de campanha, feita por ele mesmo, de não abrir mão de bens públicos que pertencem ao cerário municipal, assim como fez a ex-prefeita Maria do Carmo Lara (PT) em seu último mandato. Carlaile também descumpriria uma promessa feita aos artistas da cidade em seu último mandato. Segundo ele, o espaço iria servir para sediar o prédio da Funarbe e abrigaria a chamada “Casa da Banda”, uma antiga reivindicação dos integrantes da tradicional banda de música Nossa Senhora do Carmo, patrimônio imaterial do município.

Integrante da banda Nossa Senhora do Carmo por mais de 22 anos, sendo nove deles como maestro, Joanir de Oliveira comemorou a decisão. “Esperamos que o prefeito coloque em prática as promessas feitas aos artistas. Ele alega que a prefeitura não tem recursos, mas projetos culturais podem ser promovidos através de parcerias público-privadas. O prefeito precisa buscar essas parcerias”, disse.

Para o ex-presidente da Funarbe Osvander Valadão, a decisão de leiloar o terreno em frente à Casa da Cultura foi uma demonstração clara da falta de sensibilidade do prefeito com a cultura da cidade. “Espero que ele, enfim, coloque em prática os projetos da construção da sede da Funarbe e da ‘Casa da Banda’, como havia prometido”.

Segundo o vereador Pãozinho (PV), contrário a alienação, “essa foi uma vitória da classe artística e também da Câmara Municipal”.


Compartilhe  compartilhe

botao_facebook botao_twitter botao_google

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar