Facebook Clic BetimTwitter Clic BetimYoutube Clic Betim

Sábado, 22 Julho 2017 | Login

Campanha de Popularização do Teatro e da Dança pretende reunir 400 mil espectadores

Campanha de Popularização do Teatro e da Dança pretende reunir 400 mil espectadores Mauro Werkema (Belotur), Leônidas Oliveira (Fundação Municipal de Cultura de BH), Mirian Lott (Funarte MG), Cesária Macedo (representante regional do Ministério da Cultura), Rômulo Duque (Sinparc), e o secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo

O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, participou da solenidade de abertura e falou sobre as diretrizes da nova gestão estadual.

A 41ª edição da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança teve início nesta terça-feira (06/01), em vários municípios mineiros. Belo Horizonte, Juiz de Fora, Itabirito e Betim vão receber 161 espetáculos, com preços que variam entre R$ 5 e R$ 15. O festival, promovido pelo Sindicato dos Produtores de Artes Cênicas de Minas Gerais (Sinparc), com o apoio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, pretende atrair público superior a 400 mil pessoas.

O secretário de Estado de Cultura, Angelo Oswaldo, esteve presente no lançamento da Campanha, que aconteceu na Funarte, na capital mineira, e destacou a importância do evento. “A Campanha de Popularização é uma atividade singular que se tornou um exemplo para todo o Brasil. Não há outro estado que realize uma movimentação tão significativa, permitindo o acesso aos palcos e trazendo artistas também do interior para participar de apresentações de teatro e dança”, disse o secretário, que ainda ressaltou 2015 como o ano do centenário de Grande Otelo, o artista Sebastião Prata, nascido em Uberlândia, importante representante da força das artes cênicas em Minas.

O presidente do Sinparc, Rômulo Duque, destacou a Campanha como uma maneira de democratizar o acesso ao teatro e à dança, aproximando o público, com uma programação extensa e diversa, deste universo. Já Mauro Werkema, presidente da Belotur, observou que eventos como esse movimentam a cadeia do turismo na capital mineira.

O lançamento contou ainda com a presença de Cesária Macedo, representante regional do Ministério da Cultura (MinC) em Minas Gerais, que enfatizou a iniciativa como um exemplo nacional de formação de público, atraindo cada vez mais mineiros e possibilitando o acesso ao conhecimento.

A coordenadora da Funarte MG, Mirian Lott, ressaltou, no lançamento, a honra de não somente ser esse o local escolhido para a abertura do evento como também poder abrigar apresentações, durante o festival. Leônidas Oliveira, presidente da Fundação Municipal de Cultura, aproveitou para anunciar que o Teatro Marília e o Francisco Nunes voltam a sediar as apresentações da Campanha de Popularização.

Nova Gestão 

Durante o lançamento da Campanha de Popularização do Teatro e da Dança, Angelo Oswaldo afirmou que ampliará o diálogo com a classe artística e sociedade civil, trabalhando de maneira aberta, arejada e renovada. “Eu espero que os cidadãos possam estar em sintonia com as artes cênicas e a produção cultural de todas as regiões do estado. Estamos prontos para novas parcerias com o Ministério da Cultura, prefeitura de Belo Horizonte e, sobretudo, com os produtores culturais mineiros, aqueles que efetivamente fazem a cultura e enriquecem a vida do estado”, afirmou.

O secretário destacou, também, a principal diretriz do novo Governo de Minas Gerais, que consiste em um processo de escuta das vozes de todos os mineiros.

“Estamos inaugurando um governo novo em Minas Gerais, com um diagnóstico sobre questões fundamentais no âmbito das políticas do estado. Há pessoas que se surpreendem, porque durante 12 anos não se podia ouvir nenhuma crítica. A crítica antes de ser negativa, é analítica, uma tomada de consciência e posição diante dos fenômenos que aconteceram, de realidades que exigem uma reflexão para que possamos caminhar em linha reta, com correção, em busca do melhor  para a área da cultura. Precisamos estabelecer uma política pública de cultura ouvindo as pessoas. Essa é a principal diretriz do governo Fernando Pimentel.  Não se dita uma política e sim articula-se com a participação da sociedade civil e das entidades governamentais” concluiu   o secretário.

Serviço:

Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

Período: até 8 de março

Investimento: R$ 5, R$ 10, R$ 12 e R$ 15
Os preços nos postos de vendas são promocionais. Nas bilheterias dos teatros, os preços variam conforme cada estabelecimento e são aceitos os benefícios da Lei de Meia Entrada e Idosos
Venda online: www.sinparc.com.br

Mais informações: www.sinparc.com.br ou pelo telefone (31) 3222-1049.


Compartilhe  compartilhe

botao_facebook botao_twitter botao_google

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar