Facebook Clic BetimTwitter Clic BetimYoutube Clic Betim

Sábado, 22 Julho 2017 | Login

Paciente com paralisia cerebral fica sem dieta

Paciente com paralisia cerebral fica sem dieta

Segundo mãe de jovem, prefeitura cortou a alimentação do rapaz há três meses.

O desabastecimento na rede pública de saúde em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, continua prejudicando os usuários da cidade. Dessa vez, um jovem de 23 anos com paralisia cerebral teve a sua dieta suspensa pela prefeitura há três meses.
Matheus Duque se alimenta apenas por sonda desde dezembro, por isso a alimentação dele é líquida com todos os nutrientes de que ele precisa. A dieta era fornecida pela Secretaria de Saúde, mas foi cortada em março.

“Ele passou a se alimentar assim porque a antiga alimentação não estava sendo suficiente e ele ficou desnutrido. Então, a nutricionista disse que a alimentação precisava ser por sonda porque continha tudo o que ele precisa. No entanto, a dieta foi cortada sem nenhuma explicação, apenas porque não tem mais na rede”, afirmou a mãe do rapaz, Sanny Ribeiro Duque.

Com o corte, a família do paciente está tendo que bancar a despesa, que não é barata. “Ele precisa de 1,2 litro por dia. Por mês, fica em torno de R$ 950”, completou a dona de casa.

A mãe de Matheus fez uma representação no Ministério Público para pedir ajuda à promotoria no caso. Segundo Sanny, outros pacientes especiais estão desassistidos.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que a unidade de saúde que assiste o paciente entrou em contato com a família dele para que busquem o produto na unidade e que o atendimento já foi normalizado. No entanto, após receber a resposta da assessoria, a reportagem ligou para a mãe do rapaz, que não confirmou a informação.


Compartilhe  compartilhe

botao_facebook botao_twitter botao_google

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar